fbpx
O que é PaaS (Platform as a Service)
Voiced by Amazon Polly
Definição

Existem três principais modelos de Computação em Nuvem. Esses modelos se diferenciam no que se refere aos elementos que são gerenciados pelos usuários ou pelo provedor de serviços. Assim, se na Infraestrutura como um Serviço (IaaS), o cliente é responsável pelo sistema operacional, middleware (software que funciona como um canal de comunicação entre uma aplicação e outra), runtime (tempo em que um programa é executado), dados e, por fim, a aplicação; no modelo Plataforma como um Serviço, ou PaaS (Platform as a Service) na sigla em inglês, o cliente é responsável apenas pelos dados e pela aplicação.

Segundo David Chappell, em seu artigo intitulado “The Benefits And Risks Of Cloud Platforms: A Guide For Business Leaders”, Plataforma como Serviço é qualquer coisa que possa rodar aplicações e armazenar dados, sendo fornecida por provedores externos e acessada via internet.

Dessa forma, o cliente de uma Plataforma como Serviço pode se concentrar somente no desenvolvimento, teste e implantação do seu produto. Cabe ao provedor da tecnologia ajustar e otimizar a alocação dos recursos necessários para a execução do código, bem como gerenciar o sistema operacional e middleware.

Benefícios

Soluções PaaS apresentam diversos benefícios para empresas e desenvolvedores de software.

Agilidade

Como o cliente de PaaS não gerencia os recursos de infraestrutura e aplicações suplementares, as etapas de teste e implantação do software são mais rápidas. Alguns provedores PaaS também disponibilizam ambientes de desenvolvimento, homologação e testes, além de ferramentas para a automação da compilação e entrega de novas versões.

Possibilidade de Redução de Custos

Empresas que estão entrando no mercado podem se beneficiar do modelo PaaS, pois, para dar início à implantação de um software, não é necessário adquirir ou gerenciar recursos de hardware, o que diminui o time to market, que é o tempo que um produto desde a concepção até a venda. Além disso, como nos outros modelos de Computação em Nuvem, o cliente paga somente pelo que usa. Para alguns casos, no entanto, em que a aplicação possui muito volume, talvez seja mais econômico optar pelo modelo de Infraestrutura como Serviço.

Gerenciamento de Atualizações

De acordo com o modelo PaaS, o provedor da tecnologia é responsável por manter os recursos de hardware e software em funcionamento e sempre atualizados. Dessa forma, o cliente pode contar sempre com as versões mais recentes dos softwares sem precisar atualizá-los, pois isso é feito automaticamente pelo provedor do serviço, sem que afete a compatibilidade das aplicações.

Elasticidade

Aplicações implantadas através do modelo PaaS podem aumentar ou diminuir os recursos (como CPU, disco, rede e memória) necessários para manter a sua disponibilidade, dependendo do número de requisições para acessá-la. Para isso, é necessário que a aplicação esteja configurada apropriadamente.

Aplicações

A forma de uso mais comum do modelo PaaS é o desenvolvimento de aplicações web, em sua maioria oferecidas ao cliente final em um modelo Software as a Service (SaaS). Empresas podem optar por usar a Plataforma para otimizar as etapas de desenvolvimento e implantação dos softwares, acelerando o processo para disponibilizar a sua aplicação. Em outros casos, empresas maiores podem desenvolver aplicativos para facilitar a sua rotina de trabalho e, para não se preocuparem com o gerenciamento da infraestrutura, optam por soluções PaaS, como Heroku, AWS Lambda ou Google Cloud Functions.

O quadrante abaixo, proposto pela empresa G2 Crowd, avalia soluções de Plataforma como um Serviço de acordo com a sua presença no mercado e a satisfação do usuário, é possível acompanhar as opiniões dos usuários em tempo real no site da empresa.

 

Conclusão

Ao utilizar uma solução PaaS, os desenvolvedores podem se concentrar no ciclo de vida da aplicação ao invés dos recursos de infraestrutura utilizados para suportá-la, o que reduz o tempo para implantação e o esforço de operação. Além disso, muitos provedores de PaaS disponibilizam ferramentas para o gerenciamento da aplicação e também executam  várias linguagens de programação.

Entre em Contato